capa


A sobriedade das cores, apesar do amarelo e do laranja, as estampas gráficas e os sapatos com saltos baixos, vistos nos dois dias de desfiles do Minas Trend, têm um simbolismo que vai além da passarela. Se a moda é um reflexo da sociedade, há um recado direto dos designers para o inverno 2016. São poucas as comemorações efusivas em uma temporada de crise financeira, de pessoas fugindo das guerras, daquelas dos homens ou das internas. Tempo de pensar, de repensar.
Veja também
:: Floripa, nova novela e beleza: um papo rápido com Camila Queiroz, a Angel de Verdades Secretas
Semana que abre a temporada de desfiles nacionais, o Minas apresentou no dias 6 e 7 de outubro, no ExpoMinas, em Belo Horizonte, as propostas para o frio das marcas Vivaz, Lino Villaventura – fazendo sua estreia no evento -, Plural, Llas, Mabel Magalhães, Lucas Magalhães, Anne est Folle, Fabiana Milazzo e Faven.
Com cenografia econômica, as marcas mineiras apostaram em grafismos, como uma confusão momentânea transformada em belíssimas estampas, e em cores como preto, o azul e o bordô. Metaforicamente como uma luz no fim do túnel, o branco também ganhou espaço em diversos looks.
Conhecida pela roupa de festa, de noite, de celebrações, a moda de Minas Gerais segue entre as mais autorais do país.
Nesta seleção, reunimos alguns dos looks mais representativos antecipando o que veremos nas vitrines e nas ruas no próximo inverno.
Fabiana Milazzo
Fabiana Milazzo
Anne est Folle
Anne est Folle
Faven
Faven
Lino Villaventura
Lino Villaventura
Llas
Llas
Lucas Magalhães
Lucas Magalhães
Mabel Magalhães
Mabel Magalhães
Plural
Plural
Vivaz
Vivaz
Selecionamos ainda alguns sapatos – preste atenção nas botas de cano baixo - e sandálias que acompanharam as criações.
calcado
calcado1
calcado2
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

skate da melissa